Reconstrução Cutícular - Tratamento de choque para cabelo danificado

sexta-feira, 12 de abril de 2013


Diariamente o nosso cabelo pede muitos cuidados mas nem sempre lhe damos atenção.
Desembaraçar o cabelo com os dedos ou com um pente pode estragá-lo ao fazer nós por exemplo, o próprio pente pode não ser indicado para aquele tipo de cabelo. Só por aqui já vemos que qualquer coisa o desgasta.

As pessoas que tem cabelo virgem (aquele que nunca foi pintado ou alterado quimicamente) são à partida aquelas que tem o cabelo mais saudável e forte, e mesmo assim essas pessoas tem de o tratar cuidadosamente, então no caso das pessoas que pintam o cabelo ou fazem alisamento, o caso é bem mais grave.
Usar prancha, babyliss ou secador frequentemente também acaba com o cabelo, mas muitas vezes só damos conta disso quando o cabelo já está numa situação lastimável.

É aí que nos perguntamos: é preciso cortar ou ainda há solução?
No caso das pontas espigadas, duplas, triplas ou quadruplas infelizmente a resposta é não. Só o corte evita que estraguem ainda mais, ainda não existe resposta no mercado para as “curar”.
Mas quando se trata de cabelo quebradiço ou seco existem inúmeros comportamentos que o podem mudar.

Reconstrucao capilar é um ótimo tratamento para reavivar cabelo sem vida, aquele fino, seco, prestes a partir. Num cabeleireiro não sei quando custa mas devia ser muuuuito caro porque é demorado e envolve um grande número de produtos, mas é só terem os ingredientes e fazer uma espécie de SPA em casa.

Reconstrucao capilar é uma técnica intensiva, que não deve ser utilizada com frequência, apenas de 15 em 15 dias ou uma vez por semana dependendo do caso. Ela basicamente consiste em reconstruir e nutrir  cabelo, restaurando a parte interna e externa, à base de proteínas e gorduras vegetais.
Ingredientes:
  • Shampoo Anti-Resíduos
  • Queratina liquida ou em gel
  • Máscara Reconstrutora ou Repositora de Massa (à base de proteínas e queratina)
  • Máscara Nutritiva (que contenha manteiga de karite, azeite, oleo de argan, abacate, oleo de girassol oleo de como entre outros nutrientes)
  • Óleo vegetal puro, manteiga vegetal pura ou ceramidas
  • Sérum ou defrizante com proteção térmica
Como fazer?
1 - Lavar o cabelo com o shampoo anti-resíduos uma ou duas vezes, dependendo da necessidade. Em seguida, enxaguar e retirar o excesso de água com uma toalha.
OBS: O anti-resíduos deve ter pH máximo entre o 7,0 e o 8,0, não sendo necessário um pH mais alto para que não danifique ainda mais o cabelo. (A indicação do PH está algures na parte de trás do shampoo normalmente).
2: Aplicar a queratina liquida ou em gel por toda a extensão do cabelo previamente desembaraçado e fazer uma massagem sobre o mesmo, deixando a queratina agir durante 10 a 15 minutos.
3: Sem enxaguar, aplicar a máscara reconstrutora ou repositora de massa no cabelo ainda húmido, massajar e deixar o produto agir pelo tempo indicado no rótulo. Enxáguar e remover o excesso de água com uma toalha.

4: Aplicar um sérum ou desfrizante com proteção térmica, secar com secador e passar a prancha seguidamente. Esperar alguns minutos até o cabelo ficar frio.
5: Aplicar uma pequena quantidade do óleo vegetal, manteiga vegetal ou ceramidas no comprimento do cabelo, massajando-o por alguns minutos. Deixar agir de 5 a 10 minutos.
6: Aplicar a máscara nutritiva no cabelo  massajar e deixar agir pelo tempo indicado. Depois enxáguar. 
7: Usar protetor térmico, secar com secador e esticar o cabelo com a prancha outra vez.
 Para que serve e o que acontece?
O cabelo fica reconstruído por dentro e com as proteínas fechadas no córtex pelo calor do secador e da prancha, e as cutículas ficam mais nutridas e reforçadas, mantendo por mais tempo as proteínas, consequentemente ele vai ficar saudável, macio, hidratado e brilhante.

Sem comentários:

Publicar um comentário