Consumidoras exigentes!

sábado, 30 de março de 2013



Eu gosto muito desta parte dos cosméticos – o rótulo. Desde pequena que gosto de ler os rótulos de alimentos ou produtos de higiene, mas de há uns tempos para cá consigo perceber minimamente os ingredientes.
Torna-se difícil porque em quase todos os produtos os ingredientes estão escritos em Inglês. Eu acho que deviam ser usada a linguagem do país no qual vão ser vendidos, mas a industria sabe que os consumidores ainda não são exigentes e talvez ache que não percebem nada sobre produtos ou que não se interessam.
Daí eu decidi investigar por sites e blogs, e alguns tem informação muito perceptível. Eu acho que é muito importante os consumidores lerem os rótulos do que vão comprar e não aceitarem logo que o produto oferece o que ele diz, porque alguns produtos com preços exorbitantes prometem muitos benefícios mas no fundo fazem o que os produtos de preço baixo fazem, e nesse caso o produto está a vender um beneficio que não existe.
Fiquem com algumas substâncias normalmente presentes nos shampos, condicionadores e hidratantes para corpo e rosto:

  • Aloe Vera: extraído de uma planta chamada babosa, o líquido meio pegajoso é usado em produtos de beleza para hidratar. Nos shampos, ele tem ainda a função de amaciar o cabelo, facilitando a escovagem.
  • Camomila: derivada de uma planta, a substância pode ser usada para tonalizar os fios já claros do cabelo ou ainda como calmante para a pele.
  • Ceramidas: são um tipo de gordura que proporcionam suavidade aos cabelos, ajudando a manter fechadas as cutículas que constituem cada fio. A substância é ainda responsável por formar uma espécie de filme protetor e conferir elasticidade aos fios. Nos hidratantes corporais, ela é responsável por auxiliar na hidratação da pele.
  • Colágeno: a proteína ajuda a manter o cabelo hidratado. Por absorver uma quantidade de água razoável, é capaz de humedecer os fios, dando um aspecto de maciez.
  • Jaborandi: a substância adstringente, frequentemente usada em shampos para cabelos oleosos, ajuda ainda a combater a caspa. Ao aumentar a vascularização do couro cabeludo, ela pode também auxiliar contra a queda de cabelo.
  • Karité: retirada de um fruto rico em óleo vegetal, a substância contém o poder de humedecer, o que auxilia no tratamento de cabelo secos e no controlo dos cabelos arrepiados.
  • Lanolina: considerada um dos veículos mais hipoalergênicos dos produtos de beleza, a substância proporciona uma elevada sensação de hidratação, maciez e elasticidade.
  • Pantenol: no cabelo, a substância proporciona hidratação, maleabilidade e uma rápida recuperação do cabelo danificado. O seu efeito anti-inflamatório acalma a pele e hidrata quando presente em cremes para o corpo.
  • Proteínas (hidrolisadas e de outros tipos): Esta substância deixa o cabelo mais hidratado e macio, além de facilitar a escovagem.
  • Q10: Com função antioxidante, a substância ajuda no combate ao envelhecimento precoce.
  • Queratina: Proteína que fortifica o cabelo, ajudando no tratamento do cabelo maltratados por agentes externos, como sol.
  • Silicone: Ao formar uma película protetora em volta do cabelo, ele protege contra agentes agressores, além de refletir luz, dando maior brilho ao cabelo. Quando usado em cremes corporais, tem excelente ação emoliente e lubrificante, o que confere à pele um toque sedoso.
  • Uréia:  Tem forte poder de hidratação. Em alta concentração, ajuda ainda na remoção de áreas com espessamento de pele (aquelas regiões mais grossas e ásperas).
  • Vitaminas: Melhoram a irrigação do couro cabeludo, fortalecem os fios e evitam a perda de brilho e cor dos cabelos tingidos.
  • Serum: Usado principalmente em países tropicais para deixar a loção cremosa menos oleosa. É indicado, maioritariamente em produtos específicos para a cara.


Sem comentários:

Publicar um comentário